William Mendonça
POESIA, PROSA, MÚSICA E TEATRO
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
24/09/2013 22h00
Um pouco de música francesa

Hoje voltei a ouvir Florent Pagny, um cantor e compositor francês de que gosto muito. Letras inspiradas, melodias românticas sem pieguice, instrumental muito bem produzido. E os vídeos, bem, esse é outro capítulo. Confira, abaixo, as minhas preferidas.

CHANTER

Chanter, pour oublier ses peines,
Pour bercer un enfant, chanter...
Pour pouvoir dire "Je t'aime..."
Mais chanter tout le temps...
Pour implorer le ciel ensemble,
En une seule et même église,
Retrouver l'essentiel... et faire...
Que les silences se brisent...
En haut des barricades,
Les pieds et poings liés,
Couvrant les fusillades,
Chanter sans s'arrêter...
Et faire s'unir nos voix,
Autour du vin qui ennivre,
Chanter quelqu'un qui s'en va,
Pour ne pas cesser de vivre...
Quelqu'un qui s'en va
Pour ne pas cesser de vivre...
Chanter,
Celui qui vient au monde...l'aimer...
Ne lui apprendre que l'Amour,
En ne formant qu'une même ronde,
Chanter encore et toujours...
Un nouveau jour vient d'éclore...
Pouvoir encore s'en emerveiller,
Chanter malgré tout toujours plus fort...
Ne plus faire que chanter...
Et faire s'unir nos voix,
Autour du vin qui ennivre,
Chanter quelqu'un qui s'en va,
Pour ne pas cesser de vivre...
Oohhooohoo
Je ne sais faire que Chanter,
Pour quelqu'un qui s'en va
Pour ne pas cesser de vivre...
Chanter, {Chanter}
Pour oublier ses peines. {Ohohoo}
Pour bercer un enfant... chanter...
Pour pouvoir dire "je t'aime !" {je t'aime...}
Chanter tout le temps {tout le temps...}
En haut des barricades, {Ohoho}
Les pieds et poings liés, {Chanter...}
Couvrant les fusillades, {c'est clair...}
Chanter sans s'arrêter... {chanter...}
Et faire s'unir nos voix, {ohoho}
Autour du vin qui ennivre, {Chanter...}
Chanter quelqu'un qui s'en va, {qui s'en va...}
Pour ne pas cesser de vivre... {cesser de vivre...}
Ohooo
Je ne sais faire que chanter
Pour quelqu'un qui s'en va {qui s'en va, qui s'en va...}
Pour ne pas cesser de vivre...
Chanter...
Ohoho
Ohoho...

 

CHATELET LES HALLES

Entre gris et graffitis
Où s'enferme le quotidien
Et des murs tellement petits
Qu'on entend tout des voisins
Avec pour seul vis-à-vis
Des montagnes de parpaings
Où déambule l'ennui
Et se traînent des destins
Le samedi après-midi
Prendre des souterrains
Aller voir où ça vit
De l'autre côté
Châtelet
Châtelet les Halles
Station balnéaire
Mais où y a pas la mer
Comme de banlieue la plage
Voir un peu de bleu
Échouer sa galère
Marquer son passage
Quand y a plus de repères
Châtelet la fin du voyage
C'est pas ici Tahiti
Mais c'est toujours mieux que rien
Les baskets sur le parvis
Ne vont jamais très loin
On y piétine les débris
Et les abris clandestins
Éprouvant même du mépris
A ceux qui tendent la main
De Harlem à Paris
S'engouffrer dans un train
Puis un couloir qu'on suit
Ne pas aller plus loin
Châtelet
Châtelet les Halles
Station balnéaire
Mais où y a pas la mer
Voir un peu de bleu
Châtelet
Échouer sa galère
Marquer son passage
Quand y a plus de repères
Châtelet la fin du voyage
La fin du voyage
La fin du voyage
La fin du voyage


Publicado por William Mendonça em 24/09/2013 às 22h00
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
12/09/2013 12h00
MAIS UM ANO NO AR

Hoje completamos o sétimo aniversário do site, e, como preconiza a numerologia, o ano que se inicia, 8º ano do www.williammendonca.com, deve ser de muito trabalho. Temos algumas tarefas a concluir, que estão intimamente ligadas ao site, e, para que a turma que aparece por aqui me cobre mais à frente, vou listar os compromissos para o próximo ano:

1 - concluir a publicação das séries de biografias já iniciadas - Histórias de Poetas e Gente de Teatro.

2 - iniciar a publicação de outras séries que estão sendo produzidas.

3 - criar o canal de vídeo do site no youtube, para disponibilizar poemas falados, músicas e outros materiais interessantes.

4 - aumentar a intereção com quem visita o site - resposta mais rápida aos comentários (sei, eu não sou lá muito bom nisso), pesquisas e atualização mais constante do blog.

5 - publicar mais artigos opinativos e crônicas, gêneros que me acompanham no trabalho do JORNAL ITABORAÍ, onde sou diretor de redação atualmente.

6 - disponibilizar mais e-books (um de poesia ainda neste mês)

Acho que já são compromissos suficientes, porque o tempo não pode ser multiplicado para dar conta de todas as tarefas.

A você que leu esta mensagem, muito obrigado. Volte sempre!


Publicado por William Mendonça em 12/09/2013 às 12h00
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
28/07/2013 16h00
40 MIL LEITURAS

Hoje chegamos à marca de 40 mil leituras dos textos disponibilizados no site www.williammendonca.com. Poemas, contos, artigos, crônicas, letras de música, cordéis, textos para teatro, enfim, diversos gêneros literários, dentro da produção literária e jornalística de William Mendonça, estão presentes no site. No momento, 273 textos fazem parte do acervo disponibilizado, o que representa uma boa amostra do trabalho realizado pelo autor, ao longo de quase 30 anos de produção artística.

Dentro desse trabalho, as séries de perfis biográficos, que mesclam o trabalho jornalístico a uma abordagem por vezes literária dos personagens retratados, tornaram-se o maior sucesso em termos de acesso no site. O texto sobre o dramaturgo alemão Bertold Brecht está próximo de 3.400 leituras. Entre os 20 textos mais lidos, 9 são perfis biográficos; entre os cinco mais lidos, quatro fazem parte desse grupo.

Muitos desses textos fazem parte de coletâneas e e-books, disponibilizados para download gratuito no site. A cada pessoa que acessa e lê um dos textos do site, cresce a satisfação por compartilhar o que se produz, sem buscar retorno de mídia ou sucesso, com o objetivo, apenas, de levar a mais pessoas o que antes estava engavetado ou esperando ser descoberto por alguma editora (que, geralmente, não tem olhos para novos autores).

A internet permite que mais e mais pessoas conheçam esse trabalho. E para essas pessoas que continuamos publicando aqui e na imprensa, sempre que surgem novas oportunidades. A todos os que contribuiram com essas 40 mil leituras, o agradecimento do site www.williammendonca.com. Mais 40 mil virão, com certeza.


Publicado por William Mendonça em 28/07/2013 às 16h00
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
01/07/2013 19h45
ESTATÍSTICA GERAL DO SITE - JANEIRO A JUNHO DE 2013

O Brasil em clima de protestos e mudanças, 2013, ano de Marte, começou com boa visibilidade em nosso site. Seguimos aqui nossa tradição de manter a publicação periódica das estatísticas de acesso.  A fonte dos dados é o provedor do site www.williammendonca.com, o Recanto das Letras. Na média, os seis primeiros meses de 2013 tiveram mais de 3,100 acessos e de mil visitas por mês. Houve, novamente, um aumento na média de visitas e acesso, em relação ao semestre passado. 


NÚMEROS DE 01/01 A 30/06 DE 2013:
18.855 acessos - média de 3.142
6.289 visitas - média de 1048

NÚMEROS GERAIS:
264.585 acessos até 30/06/2013
75.901 visitas até 30/06/2013


E-BOOKS:
3.795 DOWNLOADS
Média: 345 por livro
Destaques: os livros Viajante Noturno,  O Cangaceiro na Internet e Realidade Nua e Crua são os mais baixados, com mais de 500 downloads cada um. 

TEXTOS:
39.744 LEITURAS
Média: 145 por texto
Destaques: o perfil biográfico de Beltold Brecht continua sendo o
mais lido do site, chegando a mais de 3.300 leituras. Em segundo lugar, a biografia do poeta português Bocage, com mais de 2.100 leituras. As séries de
biografias do site têm quatro textos entre os cinco mais lidos.

BLOG:
15.112 LEITURAS
Média: 186 leituras por post
Destaques: os dois posts com os índices das séries biográficas, Gente de Teatro e Histórias de Poetas, que receberam grande número de visitas nos últimos seis meses. Algumas outras postagens do blog já passaram de 400 acessos.

ÁUDIOS:
3.406 AUDIÇÕES
Média: 212 audições por arquivo
Destaque: a música Dama da Noite, a primeira a ser
disponibilizada no site, que é a mais ouvida há quase seis anos,
com 716 audições. O Samba do Corrupto chegou a 300 audições.
 

ESCLARECIMENTOS DO PROVEDOR DO SITE:
Acessos: um acesso acontece toda vez que um visitante acessa
uma página do seu site. Em uma mesma visita, o visitante pode
acessar diversas páginas.
Visitas: uma visita acontece toda vez que um visitante entra no
seu site, não importando quantas páginas ele acesse. Um
mesmo visitante pode realizar diversas visitas em horários
diferentes.


Publicado por William Mendonça em 01/07/2013 às 19h45
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
17/05/2013 14h50
LIVROS CHEGAM A 500 DOWNLOADS

Neste mês, três dos e-books que estão disponíveis no site ww.williammendonca.com chegaram à marca de 500 downloads – o que cumpre parte do objetivo do autor em ampliar a dispersão de sua obra, oferecendo sua literatura gratuitamente. A Comédia O CANGACEIRO NA INTERNET, que chegou ao site em 21/10/2010. Já o livro de contos de ficção-científica VIAJANTE NOTURNO foi publicado no site em 25/04/2007. E, hoje, a coletânea de crônicas REALIDADE NUA E CRUA e outras histórias, o e-book mais antigo no site, publicado em 07/10/2006, mas nem por isso menos importante, chegou a 500 downloads.

Dentro do caminho alternativo traçado, a marca é importante. Significa, por exemplo, que, ao logo dos anos, esses livros despertaram o interesse de leitores em potencial, em meio a tantas opções que a internet oferece. O custo operacional é compensado plenamente pela satisfação, imaginando que cada download possa significar outros compartilhamentos, envio a amigos e recomendações ao site. Os e-books e os textos publicados no site se intercomunicam – uns levando aos outros, e vice-versa.

São quase 3.600 downloads ao todo, somados os 11 livros publicados, e, ainda em maio, será publicada a coletânea de poemas JOGO DE ESPELHOS, e em junho a peça A VOZ QUE CLAMA NO DESERTO. Muito obrigado. Continue baixando e compartilhando os livros de William Mendonça. 

 

(na foto, cena de O CANGACEIRO NA INTERNET, montagem dirigida por Zeca Palácio)


Publicado por William Mendonça em 17/05/2013 às 14h50
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 3 de 19 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]