William Mendonça
POESIA, PROSA, MÚSICA E TEATRO
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Áudios

DAMA DA NOITE
Data: 20/09/2006
Créditos:
DAMA DA NOITE
Letra de William Mendonça
Música de Ricardo Mann

Gravado em 2006

Teclados: Ricardo Mann
Voz: William Mendonça

DAMA DA NOITE

Letra: William Mendonça
Música: Ricardo Mann


Durante a semana é uma mulher comum,
segue sua vida sem encanto algum.
Roupa apropriada, elegância sutil
- Tal seriedade como nunca se viu ...

Chega ao escritório pra trabalhar,
sempre eficiente sem se notar,
uma secretária e nada mais ...

Seus dias são sem brilho, sem som e sem cor,
seus sonhos esquecidos, nem luz nem amor.
Durante a semana é uma mulher normal,
frágil feito um vaso de louça ou cristal.

Volta para casa, e a televisão
é a companheira na solidão,
uma secretária e nada mais ...

No fim de semana é a Dama da Noite,
leva a paixão a todos os homens,
dança febril, com um brilho nos olhos,
toda a boate grita o seu nome.
- Só que o show tem hora pra acabar ... 

(Pararará Parará rá ... )

Durante a semana é uma mulher comum,
segue sua vida sem encanto algum.
Muitos lhe perguntam como é viver assim,
mas eles não sabem do sorriso no fim.

Quando a sexta-feira vai terminar
chega a sua hora de se transformar,
uma secretária, e algo mais ...

No fim de semana é a Dama da Noite,
leva a paixão a todos os homens,
dança febril, com um brilho nos olhos,
toda a boate grita o seu nome.
- Só que o show tem hora pra acabar ...

(Pararará Parará rá ...) 

(Todos os direitos reservados)
Enviado por William Mendonça em 20/09/2006



Comentários